USAR EM BUSCA DE RECOLOCAÇÃO NO TÍTULO DO LINKEDIN PODE NÃO AJUDAR

 

Alguns profissionais, ao sair de uma empresa, alteram seus títulos ou até mesmo criam um novo cargo e incluem: em busca de recolocação, em transição de carreira, em busca de novas oportunidades ou similares.

Saiba porque alterar o título desta forma pode atrapalhar ao invés de ajudar:
1) Sua identidade Profissional no LinkedIn ficará em segundo plano
O título acompanha o seu nome em todos os resultados de busca, você deixa de mostrar sua especialidade profissional e passa apresentar um momento de carreira.

2) Os recrutadores não o encontrarão tão facilmente.
Imagine que um recrutador esteja buscando alguém com sua especialidade e digite a mesma como palavra chave, seu nome pode continuar aparecendo nos resultados desta busca, pois esta especialidade deve aparecer em outros campos do seu perfil, mas com certeza você receberá menos visitas em comparação com quem tem o título do cargo junto ao nome.

3) Seus pedidos de conexão correm mais risco de serem ignorados, por quem não o conhece.
Veja o exemplo abaixo, ao receber seu convite o que aparece é sua foto, seu nome e seu título. Se ao invés de em busca de recolocação você colocar a sua especialidade, você tem a chance de atrair a atenção da pessoa a, pelo menos, visualizar seu perfil antes de tomar uma decisão em aceitar ou não seu convite.

 

 

 

 

 

 

 

Seu título no LinkedIn não deve representar um momento e sim um posicionamento. Nele você tem que diferenciar como profissional.

Preencha as informações