EMBAIXADORES DA MARCA: SUA EMPRESA TEM?

 

Poucas vezes no mundo houve revolução tão significativa e ampla quanto a que ocorre desde que a Internet passou a fazer parte de nossas vidas. Literalmente tudo é influenciado, de alguma forma, pelo que acontece no ambiente digital: sociedade, política, educação, ciência.

Com as empresas não seria diferente, temos outra dinâmica na forma de fazer negócios e se relacionar com os diferentes públicos que interagem e impactam as corporações. O consumidor é capaz de alavancar os negócios de uma empresa ou destruí-la com a mesma velocidade, porque agora possui uma voz que tem valor cada vez mais alto.

Com isso, não só a qualidade do trabalho, mas principalmente o atendimento conta muitos pontos. Empresas que lidam diretamente com o público investem milhões para capacitar seus colaboradores a prestar o melhor atendimento, construir uma reputação positiva e conquistar defensores para a marca. Você não leu errado, o termo é defensores mesmo, e a razão é simples: milhões de usuários deixam pela rede social um rastro de opiniões e avaliações dos produtos que consumiram, dos lugares que visitaram, das experiências que tiveram.

Pessoas falham, empresas também falham, e as repercussões na Internet podem ser devastadoras. Mas se a sua marca sabe como se posicionar corretamente e conta com o apoio de consumidores que já tiveram experiências positivas, o que poderia ser um desastre pode transformar-se em mais um ponto a favor do seu negócio.

Pensando nisso, empresas como a Starbucks, por exemplo, investem milhões em treinamentos, mas com o foco num público de contato que assume voz ativa e é um potencial catalisador das experiências dos clientes: os funcionários.

Transformar funcionários em embaixadores da marca é uma das estratégias inovadoras que as empresas estão aplicando para posicionar a cultura da empresa e defende-la junto aos consumidores. Mas não basta capacitar para agir desta forma só nos pontos de atendimento.

Com a crescente participação das empresas nas redes sociais, os funcionários e colaboradores precisam estar preparados para interagir a favor da marca também aqui, e isso só será possível se eles forem treinados, entenderem o potencial das redes para seu próprio desenvolvimento e também da empresa para a qual trabalham.

Ter funcionários que atuam como embaixadores da marca é resultado de um profundo trabalho de reconhecimento da cultura e dos valores que a empresa pratica. O funcionário quer ter orgulho da empresa e quer que o seu dia a dia contribua para fazer diferença no mundo, ainda que seja no seu pequeno mundo.

Cada vez que ele compartilha informações positivas da empresa, ele consolida esse sentimento e entende a importância do seu trabalho.  Capacitar um funcionário para atuar como embaixador da marca é dar relevância para sua empresa e, ao mesmo tempo, mostrar a ele que todo o seu esforço e empenho valem a pena.

Preencha as informações